É Hoje! Live sobre baixa autoestima da mulher após o parto acontece nesta quinta-feira (11), com Nathália Caldas e Jerla Pinho

Atenção,mamães de plantão!

Acontece nesta quinta-feira (11), ás 18h, a live “Baixa autoestima da mulher após o parto”, assunto bastante interessante e atual. O encontro virtual será comandado pela fisioterapeuta Nathália Caldas, da clínica “Nathália Caldas Estética Avançada”, que discutirá o tema com a psicóloga Jerla Mayanne Pinho.

De acordo com Nathália, a iniciativa em realizar a live partiu das muitas mensagens  recebidas por ela, sobre a baixa autoestima da mulher após a gestação, e sobre como isso impacta no relacionamento a dois.

Recebi muitas mensagens com relatos impressionantes sobre o tema. A live vai servir pra conversarmos, tirarmos dúvidas e principalmente nos apoiar. Uma coisa que sempre falo, é que  temos que nos agradar primeiro, para depois agradar o outro, isso é fato“, reiterou a fisioterapeuta.

Acompanhe a Live pelo instagram @estetica.nathaliacaldas .

COMENTÁRIOS

Corpus Christi: Veja o que funciona no Maranhão

O dia de Corpus Christi, celebrado nesta quinta-feira (11), não é considerado feriado no Maranhão. O feriado foi extinto em 1996, quando foi sancionada a Lei Municipal nº. 3.432/96. A mudança ocorreu para que o dia 8 de setembro, dia do aniversário de São Luís, pudesse se tornar feriado municipal.

Entretanto, alguns serviços que foram afetados pela pandemia de Covid-19, não devem funcionar ou vão sofrer alterações de horários durante a data.

Bancos

As agências bancárias não devem funcionar nesta quinta-feira, segundo a Federação Brasileira de Bancos (Febraban). Com isso, os vencimentos de contas, incluindo boletos e contas de concessionárias, agendamento de pagamentos e envios de transferências foram prorrogados para o primeiro dia útil após a data.

Para ter acesso aos serviços, a população pode ter acesso aos terminais de autoatendimento e pelos aplicativos de celular e internet.

Comércio

O Maranhão enfrenta um processo gradual de reabertura do comércio. Por isso, a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado do Maranhão (Fecomércio-MA) afirmou que o comércio do estado, que já reabriu as portas nas últimas semanas, pode funcionar normalmente.

Supermercados

Por conta da pandemia, grande parte dos supermercados continuam funcionam das 8h às 20h. Os horários poderão sofrer alterações que serão determinadas pelas gerências ou administradoras locais.

G1 Maranhão

COMENTÁRIOS

Empréstimos! Prefeitura de São Luís vai suspender consignados de servidores

Como é de conhecimento geral, a Assembleia Legislativa do Maranhão, promulgou no último dia (04), a Lei 11.274/2020 que suspende por 90 dias o desconto das parcelas de empréstimos consignados em folha de pagamento de aposentados, servidores públicos e empregados da iniciativa privada. O Sindeducação obteve informação, na manhã desta terça-feira, 9, junto à Secretaria de Administração – SEMAD, que a Prefeitura de São Luís dará cumprimento à lei e realizará a suspensão das parcelas de todos os servidores neste mês de junho. Os professores que não desejarem obter a facilidade, deverão solicitar a manutenção dos descontos por um canal eletrônico que será disponibilizado e divulgado, em breve, pela SEMAD.

A professora Izabel Cristina, presidente em exercício, ressalta que a lei chega para ratificar a preocupação da entidade sindical com a saúde financeira dos professores, que nesse período se veem diante do aumento de gastos, como alimentação, energia, água e remédios. “Muitos dos nossos educadores da Rede Municipal são arrimos de família, sofrem com perdas salariais de 32,15%, por isso, nada mais justo que garantir um fôlego de 90 dias para que ele refaça as finanças, abaladas pelo aumento de gastos durante a pandemia”, pontua.

Com informações do SindEducação

COMENTÁRIOS

Aprovados decretos reconhecendo estado de calamidade pública em mais 14 municípios

A Assembleia Legislativa do Maranhão aprovou, em turno único, na 9ª Sessão Extraordinária com Votação Remota por Videoconferência, realizada nesta terça-feira (9),  Projetos de Decretos Legislativos reconhecendo estado de calamidade pública em mais 14 municípios, em decorrência da pandemia do novo coronavírus.

Os decretos receberam 33 votos favoráveis e um contrário, de autoria do deputado Dr. Yglésio (Pros). “É preciso averiguar com atenção os casos de alguns municípios onde há poucos casos da doença, o que não justifica o estado de calamidade”, frisou o parlamemtar.

Wellington do Curso (PSDB) votou a favor, mas voltou a chamar a atenção para o controle dos recursos federais, dizendo que devem ser fiscalizados pela Assembleia, pelos órgãos de controle e pelas Câmaras Municipais. “É preciso que a população também fiscalize a aplicação desses recursos. Não podemos admitir que, neste momento de pandemia, haja desvio de dinheiro público”, disse.

O presidente da Assembleia, deputado Othelino Neto (PCdoB), registrou que a preocupação é procedente, mas acrescentou que a aprovação não significa uma autorização para que os municípios gastem os recursos de forma irregular. “Ninguém está dando qualquer permissão para que os municípios venham a aplicar indevidamente esses recursos. Aprovamos aqui levando em consideração a questão da pandemia”, explicou.

O diretor-geral da Mesa Diretora, Bráulio Martins, informou que tem enviado os decretos de reconhecimento de calamidade à Promotoria de Saúde Pública, para acompanhar a aplicação dos recursos.

Pareceres favoráveis

Todos os projetos de Decreto Legislativo já tinham pareceres aprovados pela Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ), reconhecendo estado de calamidade pública em São Pedro da Água Branca, Vila Nova Dos Martírios, São Bento, Gonçalves Dias, Senador La Rocque, Afonso Cunha, Pedro do Rosário, Itapecuru-Mirim, Pastos Bons, Governador Archer, Cedral, Aldeia Altas, Apicum Açu e Governador Eugênio Barros.

O presidente da CCJ, deputado Ricardo Rios (PDT), assinou parte dos pareceres (Vila Nova dos Martírios, São Bento, Gonçalves Dias, Senador La Rocque, Afonso Cunha, Pedro do Rosário e Itapecuru-Mirim). Os demais são de autoria do deputado Rafael Leitoa (PDT).

Motivações legais

Os decretos foram justificados pelos prefeitos mostrando a necessidade da criação do Centro de Operações de Emergência em Saúde, sob a coordenação da Secretaria Municipal de Saúde, tendo em vistas as ações de monitoramento.

De acordo com os prefeitos, compete ao Comitê Municipal de Prevenção e Combate ao Coronavírus e ao Centro de Operações de Emergência em Saúde definir as medidas e estratégias referentes ao enfrentamento da doença, de acordo com a evolução do cenário epidemiológico. Todos decretaram estado de calamidade por 15 dias, podendo este prazo ser prorrogado por até 180 dias.

COMENTÁRIOS

Em Pedreiras, Prefeito e irmão são condenados por improbidade administrativa

Atendendo pedido do Ministério Público do Maranhão, a Justiça condenou, em 5 de junho, o prefeito Antonio França de Sousa e o irmão dele Daniel França de Sousa por atos de improbidade administrativa. A Ação foi ajuizada pela promotora de justiça Marina Carneiro Lima de Oliveira, da Comarca de Pedreiras. A sentença foi assinada pelo juiz Marco Adriano Ramos Fonsêca.

De acordo com o MPMA, Antonio França de Sousa, na qualidade de prefeito, contratou o seu irmão Daniel França de Sousa para prestar serviços de eletricista para o Município, por dispensa de licitação, violando as normas constitucionais e legais.

A manifestação ministerial foi deflagrada após investigação provocada por Representação formulada pelos vereadores Elcimar Silva Lima Filho e Francisco Sérgio Oliveira da Silva, na qual apontaram improbidade administrativa, praticada pelo prefeito de Pedreiras, com o argumento de que o gestor contratou o próprio irmão por meio de dispensa de licitação para realizar um serviço na rede elétrica de alta tensão do município.

Segundo os vereadores, o serviço, no valor de R$ 6 mil, atendeu as necessidades da Secretaria Municipal de Infraestrutura e Urbanismo.

“Tal conduta, evidentemente, merece a devida resposta, já que violou os deveres de honestidade, imparcialidade, legalidade, e lealdade às instituições públicas, incorrendo, portanto, em ato de improbidade administrativa”, ressaltou o juiz na sentença.

CONDENAÇÕES

Antonio França de Sousa foi condenado a penalidades previstas na Lei nº. 8.429/92 (Lei da Improbidade Administrativa): ressarcimento integral do dano no valor de R$ 6 mil, solidariamente ao segundo requerido, sobre o qual incidirá correção monetária e juros; perda da função pública, após o trânsito em julgado da Ação, e suspensão dos direitos políticos pelo prazo de cinco anos.

Outras sanções são: pagamento de multa civil no valor de duas vezes o valor do dano, sobre a qual incidirá correção monetária e juros (o valor da multa será revertido em favor do erário municipal), e proibição de contratar com o Poder Público ou receber benefícios ou incentivos fiscais ou creditícios, direta ou indiretamente, ainda que por intermédio de pessoa jurídica da qual seja sócio majoritário, pelo prazo de cinco anos.

Daniel França de Sousa também foi condenado a sanções impostas pela Lei nº. 8.429/92 (Lei da Improbidade Administrativa): ressarcimento integral do dano, no valor de R$ 6 mil, solidariamente ao primeiro requerido, sobre o qual incidirá correção monetária e juros; suspensão dos direitos políticos pelo prazo de oito anos; pagamento de multa civil no valor de R$ 6 mil, correspondente ao valor do acréscimo patrimonial indevido, sobre a qual incidirá correção monetária e juros (o valor da multa será revertido ao erário municipal); além da proibição de contratar com o Poder Público ou receber benefícios ou incentivos fiscais ou creditícios, direta ou indiretamente, ainda que por intermédio de pessoa jurídica da qual seja sócio majoritário, pelo prazo de 10 anos.

COMENTÁRIOS

Queda no contágio: Em uma semana, ocupação de leitos clínicos da rede estadual cai pela metade em São Luís

Uma redução de quase 50% na taxa de ocupação de leitos clínicos exclusivos para pacientes do Covid-19 separa o dia 29 de maio do dia 8 de junho, na rede pública estadual da grande Ilha de São Luís. No prazo de uma semana, o número de pacientes ocupando este tipo leito caiu de 396 para 191. Em coletiva virtual realizada na manhã de segunda-feira (8), o governador Flávio Dino apontou que essa diminuição representa uma queda no número de casos da doença no Maranhão.

Para efeito de visualização, no dia 29 de maio, chegou-se a ter 52,66% dos 752 leitos clínicos exclusivo para pacientes com Covid-19 ocupados. Já no dia 8 do mês seguinte, esta taxa já representava 25,40% do total.

Referindo-se aos dados de ocupação divulgados pela Secretaria de Estado da Saúde no dia anterior à coletiva (7), o governador Flávio Dino fez uma comparação com o momento em que a curva de contágio alcançou números elevados na Ilha. “De leitos clínicos nós tínhamos (no dia 7) 563 leitos vagos na rede estadual em São Luís. E esse é um indicador objetivo, incontrastável, indiscutível, de que nós temos declínio dos casos de coronavírus, porque nós chegamos a ter ocupação aqui de 70%”, comparou.

Uma soma de esforços resulta nessa redução expressiva, dentre as quais a estratégia lançada pelo Maranhão em primeira mão no Brasil, do lockdown. Com a restrição mais firme da política de isolamento, foi possível reduzir os casos de contágio e, por conseguinte, a ocupação hospitalar.

O aumento considerável do número de testagem também tem impacto direto. Quanto mais cedo o diagnóstico no paciente, mais rápido se iniciam os tratamentos e menos chance de evolução grave da doença.

Imperatriz

Imperatriz, segunda maior cidade do estado – que, como a capital, chegou a ter números preocupantes de contágio -, também registrou queda na ocupação de leitos clínicos nesse mesmo período. No dia 29/05, 100% dos leitos clínicos estavam ocupados, já no dia 08/06, eram 81,48%.

Leitos de UTI 

Nesse mesmo período, com uma redução na demanda hospitalar estadual na capital maranhense, passou-se a receber pacientes em estado grave das mais diversas regiões do Maranhão.

Ao que confirmou Flávio Dino, durante coletiva: “São 240 leitos de UTI na Ilha de São Luís, dos quais no dia 7 estavam ocupados 219, e 21 leitos estavam livres na rede estadual. Grande parte desses pacientes já não são oriundos da ilha de São Luís e, sim, oriundos de outras cidades do Maranhão”.

Para assegurar a transferência segura e rápida desses pacientes, além da aquisição e repasse de novas ambulâncias equipadas com UTI a municípios maranhenses, o Governo do Estado alugou avião, para UTI aérea.

COMENTÁRIOS

Supermercados Mateus é multado em mais de R$ 100 mil por aglomeração em inauguração

Aglomeração, falta de demarcação de filas e de controle da entrada de pessoas na loja. Essas foram algumas das irregularidades flagradas pelo Instituto de Promoção e Defesa do Cidadão e Consumidor do Maranhão (Procon/MA), durante a inauguração do Supermercado Mateus, localizado no bairro Olho d’Água.

Em ação conjunta com a Superintendência de Vigilância Sanitária (Suvisa), na última sexta-feira (5), a equipe de fiscalização do Procon/MA constatou o descumprimento do Decreto Estadual nº 35.736/2020 e normas consumeristas durante a inauguração do estabelecimento, resultando em multa no valor de R$ 101.763,35.

“O Procon tem intensificado as fiscalizações para verificar o cumprimento das determinações estaduais, que visam reduzir o contágio pelo novo coronavírus no estado. O órgão continuará atuante e agindo com rigor para a proteção dos direitos dos consumidores e evitar falhas que tragam riscos à saúde e segurança de todos”, afirmou a presidente do Procon/MA, Adaltina Queiroga.

Além do descumprimento das normas sanitárias, estabelecidas pelo Governo do Estado, também foram observadas outras irregularidades, como a existência de balança de precisão disposta de forma inacessível ao cliente no setor de hortifruti.

Irregularidades

Além das práticas mencionadas, a penalidade foi aplicada em decorrência da ausência das sinalizações de distanciamento nos caixas e da ausência de higienização dos carrinhos e cestas durante a troca entre os clientes, infrações que colocam em risco a vida, saúde e segurança dos consumidores, direitos resguardados pelo Código de Defesa do Consumidor (CDC).

COMENTÁRIOS

Nova previsão: aulas presenciais poderão ser retomadas a partir do dia 1º de julho

Em coletiva nesta segunda-feira (8), o governador Flávio Dino divulgou nova previsão para retomada das aulas presenciais nas escolas. “Isso não significa dizer que as aulas começarão necessariamente no dia 1º de julho. Essa é apenas uma previsão já que depende da pactuação de calendários de cada rede de ensino e dos dados epidemiológicos semanais”, disse o governador Flávio Dino.

A ideia é que as aulas presenciais sejam retomadas aos poucos, de acordo com os índices epidemiológicos, visando a segurança e bem-estar de toda a comunidade escolar. O comércio retoma suas atividades gradativamente nas cidades que integram a Ilha de São Luís. Os estabelecimentos comerciais autorizados para reabrir devem continuar seguindo os protocolos sanitários para proteção e saúde da população maranhense.

Testagem

Na coletiva, o governador Flávio Dino anunciou que serão adquiridos 100 mil novos testes para o coronavírus. Além desses, 70 mil testes começarão a ser utilizados essa semana nas unidades de saúde. Até agora foram realizados mais de 80 mil testes no Maranhão, segundo o último boletim divulgado pela Secretaria de Saúde.

Além da ampla testagem, o Executivo Estadual ampliou de 232 para 1710 os leitos destinados exclusivamente ao coronavírus na rede estadual de saúde. “É a primeira vez que o Maranhão conta com uma ampla rede de saúde descentralizada. Esses investimentos já estavam em curso nos últimos anos e foi agora ainda mais intensificado nesse período. Essa ampliação fica como um legado após o fim da pandemia”, assegurou o governador.

Rede ambulatorial

Com o objetivo de apoiar os municípios, o Governo do Estado entregou ambulatórios exclusivos em algumas regiões do Maranhão para ampliar, além das unidades básicas de saúde municipais, a estrutura de consultas, distribuição de medicamentos e assistência à população. Levando em conta critérios epidemiológicos, foram entregues ambulatórios em Santa Inês, São Luís, Imperatriz, Barreirinhas, Pinheiro, Chapadinha, Presidente Dutra, Carutapera e Lago dos Rodrigues.

“A ideia é manter a presença do Governo em todos os quadrantes do Maranhão, a partir de um planejamento eficiente, garantindo que as regiões onde há menor demanda apoiem as regiões com maior demanda”, disse o governador. Como suporte aos municípios, o Governo do Estado conta ainda com 1 UTI aérea e com mais 2 que podem ser contratadas de acordo a demanda do dia. Além das UTIs aéreas, o Executivo Estadual possui 17 ambulâncias com UTI móveis que deslocam pacientes entre as cidades no Maranhão.

COMENTÁRIOS

Sancionada Lei de Othelino que permite Boletim de Ocorrência On-line em casos de violência contra a mulher

O governador Flávio Dino sancionou a Lei nº 11.265, de 25 de maio de 2020, originada do projeto de lei de autoria do presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, deputado Othelino Neto (PCdoB), que permite o registro de Boletim de Ocorrência, na Delegacia On-line, de crimes de violência doméstica e familiar contra a mulher, durante o período de duração da pandemia da Covid-19.

A lei, que já está em vigor, estabelece que o Boletim de Ocorrência de crimes de violência doméstica poderá ser feito agora por meio do site da Delegacia On-line (https://delegaciaonline.ssp.ma.gov.br/), disponibilizado pela Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP), devendo constar, ainda, a opção de a vítima manifestar interesse em requerer a medida protetiva de urgência, prevista na Lei Federal nº 11.340/2006. Art. 3º.

“Agradeço ao governador Flávio Dino pela sanção desta lei tão importante para as vítimas de violência doméstica. A proposição foi fundamentada em avaliações técnicas apontando que a pandemia pode ter um impacto muito negativo na vida de muitas mulheres, uma vez que a necessidade do isolamento social, tão necessário para conter o avanço da Covid-19, as coloca ao lado do agressor por mais tempo, o que pode provocar o aumento dos casos de violência”, assinalou Othelino Neto.

O chefe do Legislativo Estadual ressalta ainda que há estudos que relatam picos nas ligações para linhas de atendimento a casos de violência doméstica neste período. No Brasil, dados da Ouvidoria Nacional de Direitos Humanos, do Ministério da Mulher, Família e Direitos Humanos (MMFDH), apontam para um aumento de 18% de denúncias formalizadas e de 9% no aumento de ligações desde que o período de quarentena foi determinado. Ao mesmo tempo, o isolamento está tornando mais difícil para os serviços e as instituições alcançarem mulheres que estão ao lado dos agressores.

“Por isso, ao permitirmos o registro do Boletim de Ocorrência para esse tipo de crime, por meio da Delegacia On-line, estaremos ajudando muitas mulheres a saírem dessa situação de violência”, frisou Othelino.

COMENTÁRIOS

Conheça “Nathália Caldas Estética Avançada”, clínica especializada em Diástase Abdominal

As mulheres de São Luís estão ficando cada vez mais bonitas e com suas autoestimas mais elevadas, e a responsável por isso é a fisioterapeuta Nathália Caldas, pós-graduada em Dermatofuncional e com especialização em Diástase Abdominal, proprietária da “Nathália Caldas Estética Avançada”.

A Clinica de Nathália fica localizada na Rua das Gardênias, Edifício Península Mall e Offices, Península, e já conta com uma cartela de clientes fiéis, onde a satisfação vem sempre em primeiro lugar. Os atendimentos são diários, com hora marcada e a avaliação é gratuita.

Nathália já tem uma vasta experiência na estética e conta que montou a clínica devido a necessidade de suas clientes, que faziam diversos tratamentos e não obtinham resultados satisfatórios.

Como eu já trabalho com estética há alguns anos, observei que havia uma necessidade das clientes, principalmente as que eram mães, pois elas faziam os tratamentos convencionais, mas não tinham resultado satisfatório, onde o foco era sempre diminuir a gordura localizada ou a flacidez da pele. Diante dessa realidade, comecei a estudar sobre isso e fui atrás do tratamento da diástase abdominal , que até hoje é um assunto que não é tão explorado, mas que proporciona resultados incríveis e nunca antes imagináveis”, revelou a fisioterapeuta.

Para tanto, Nathália passou uma temporada em São Paulo fazendo cursos, onde se especializou no tratamento da Diástase Abdominal. Além da D.A, a fisioterapeuta também trabalha com o “Método Renata França drenagem linfática”.

De acordo com a fisioterapeuta, a diástase não aparece só em pós-parto, podendo aparecer também em obesos, homens, e mulheres que nunca tiveram gestação.

A diástase também aparece em pessoas que tem pressão intra-abdominal forte, que pode ser prisão de ventre crônica, quem faça muito esforço abdominal, pessoas que fazem cross fit, porque carregam muito peso e não associam essa respiração ao exercício, e como é muito peso, a pessoa aumenta a pressão intra-abdominal, e por último, quem também tem hérnia umbilical pode desenvolver a diástase“, explicou Nathália.

Nathália também conta com um diferencial que encanta ainda mais seus clientes: Além do carisma e simpatia, está sempre interagindo em suas redes sociais, exibindo os famosos “antes e depois”, acompanhando seus clientes virtualmente, e o mais importante, explicando exatamente como funciona o tratamento da Diástase Zero.

Tipos de Diástase

A diástase pode estar localizada no umbigo, acima do umbigo, ou na infraumbilical, ou até mesmo inteira, que vai de cima abaixo. O tipo de diástase é que vai determinar a duração do tratamento, como por exemplo, a distancia e profundidade do tipo de diástase apresentada pelo cliente.  “Existem pessoas que com quatro sessões já resolve, outras precisam de oito, doze. Outra questão que influencia bastante também é se a pessoa tem flacidez de pele, fraqueza muscular, isso tudo é detectado durante a avaliação“, destaca Nathália.

A sessão geralmente é realizada uma vez na semana, com um aparelho de  Eletroterapia, onde é utilizada uma Radiofrequência , que trata tanto gordura localizada quanto flacidez de pele, e no caso da diástase, são feitos os exercícios de respiração, contração e períneo, além de produtos específicos, para aumento da lipólise , que consiste na quebra de molécula de gordura, que vai acelerar o metabolismo para diminuir  ainda mais as medidas.

Vale ressaltar, que o tratamento não corrige só o abdômen, o D.A trata também o períneo, que é o assoalho pélvico, pois quando se tem diástase a musculatura está enfraquecida, podendo até ocorrer escape de urina ao tossir, espirrar ou até mesmo ao pular, dependendo do grau da fraqueza e dores lombares, ou seja, é muito comum mamães que tiveram neném há 1 ou 2 anos, sentir muita dor lombar.

“As mulheres que tem essas dores podem ter a diástase, mas não sabem que tem, e continuam fazendo suas atividades normais, respirando errado, com fraqueza muscular,  o que acaba aumentando ainda mais o problema“, enfatiza Nathália.

O tratamento da Diástase Zero trata absolutamente tudo: gordura localizada, flacidez de pele, trabalha o assoalho pélvico, fortalecendo a musculatura,e claro, fecha a diástase existente no paciente.

E você? Está esperando o que para ficar ainda mais linda (o)? Agende uma avaliação gratuita pelo telefone (98) 9 8529 5573 (também whatsaap) ou pelo instagram @estetica.nathaliacaldas.

COMENTÁRIOS