Até quando?

Só neste domingo (07), véspera de feriado, mais dois policiais se foram. O aspirante Sebastião Luís Rocha Neto (foto ao lado), de 26 anos, estava no ponto de ônibus próximo ao Mercado do Peixe, quando foi surpreendido por um assaltante, e na troca de tiros, infelizmente foi atingido, vindo a óbito.

Já pela noite, o Sargento Carlos Magno Sá (foto abaixo), de 43 anos, também foi vítima de bandidos no bairro da Forquilha. Houve confronto, e também na troca de tiros, o sargento foi baleado no tórax, levado ao Socorrão, mas não resistiu aos ferimentos, falecendo em seguida. Até quando veremos policiais, cidadãos de bem, pais de família, que vivem para proteger a sociedade, morrendo todos os dias, e ninguém faz nada? Até quando essa insegurança vai predominar no nosso Estado, na nossa cidade, na nossa rua, dentro da nossa própria casa? Quando finalmente vão dar uma punição eficaz para esses marginais? A sociedade EXIGE urgência nessas respostas!

Deixe uma resposta