Waldir Maranhão tem apoio de Temer para continuar na Presidência da Câmara

waldirO deputado federal Waldir Maranhão continua se articulando intensamente tanto em Brasília, como em seu reduto eleitoral: o Maranhão. O parlamentar passou este final de semana recebendo prefeitos em seu sítio, na capital maranhense, onde a pauta das discussões, foi, claro, as eleições municipais 2016. Maranhão tenta a qualquer custo retornar ao comando do PP estadual, posto este ocupado hoje, pelo deputado federal André Fufuca.

Já para permanecer na presidência da Câmara, Maranhão conta com o apoio de ninguém menos do que o presidente interino Michel Temer, que também é aliado de Eduardo Cunha, que também é aliado de Waldir (coisas da política), mas, a verdade é uma só: Cunha e Maranhão mantém várias, digamos, “alianças” não é de hoje. Se o primeiro cair, o outro cai também, ou seja, estão mais do que “entrelaçados” nessa velha política a qual vivemos, onde os interesses dos políticos sempre são acima dos interesses do povo. Infelizmente!

No entanto, as discussões em torno da permanência de Waldir Maranhão na presidência da Câmara devem continuar entre os deputados, no decorrer desta semana.  Os partidos avaliam meios de esvaziar o poder de Maranhão, para que a Câmara seja conduzida por um colégio de líderes, já que o deputado se recusa a renunciar ao posto de vice-presidente. Neste caso, o primeiro-secretário, deputado Beto Mansur (PRB-SP), conduziria as sessões.

“Eu devo assumir parte dos trabalhos. O deputado Giacobo (segundo vice-presidente) também pode conduzir as sessões. Vamos ajudar. O que não pode é a Câmara ficar parada num momento como esse”, disse Beto Mansur.

Na semana passada, cresceu o movimento de parlamentares que não querem Maranhão na presidência. Integrantes do PPS e DEM entendem que ele não tem condições de conduzir os trabalhos da Câmara.

Deixe uma resposta