RJ e Minas Gerais foram fundamentais para vitória de Dilma Rousseff

Contrariando as expectativas, onde todos achavam que Aécio iria arrebentar nas urnas, os Estados de Minas Gerais e Rio de Janeiro foram fundamentais para a vitória da petista Dilma Rousseff na eleição deste domingo. Os dois Estados juntos, deram a petista cerca de 10.467.079 votos. Além do Nordeste, é claro, onde suas maiores votações foram no Maranhão e Piauí. No Rio de Janeiro, a petista obteve 54,94% dos votos válidos; Já em Minas Gerais, reduto do candidato derrotado Aécio Neves, Dilma levou favoráveis 52,41%. Outra votação mais do que expressiva se deu no Maranhão, onde a atual presidente da república arrancou 78,76% da preferência dos eleitores, aumentando a vantagem no Estado em 9,2%,já que no primeiro turno, ela obteve 69,56% dos votos válidos. Já na capital Piauiense, a presidente reeleita teve 78,29% dos votos, contra míseros 21,71% de Aécio Neves.

Com o segundo turno mais disputado da história, com a vitória, Dilma completará um período de 16 anos do PT no comando do governo federal, desde a primeira eleição de Luiz Inácio Lula da Silva, em 2002. É o dobro do tempo do PSDB, que teve dois mandatos com Fernando Henrique Cardoso (1995-1998 e 1999-2002).

 

Deixe uma resposta