Professor Marco Aurélio reforça luta por educação de qualidade no Estado

marcoaurelio1O deputado Professor Marco Aurélio (PCdoB) participou, neste final de semana, de uma extensa agenda nos municípios da Região Tocantina, reforçando a sua luta por uma educação de qualidade para todos os maranhenses.

Na cidade de Imperatriz, ele participou do Encontro dos Gestores e Professores da rede estadual sobre educação inclusiva, evento realizado na sede da Unidade Regional de Educação (URE). Marco Aurélio tem visitado várias escolas da região com a finalidade de buscar soluções para problemas pontuais e que possam contribuir com uma educação forte para os jovens maranhenses.

Marco Aurélio também participou, na sexta-feira, junto com a bancada federal e prefeitos da região Tocantina, da primeira edição do projeto “Municípios em Foco”, uma realização da Famem, que visa obter soluções para problemáticas que afligem os municípios, além de estabelecer uma agenda permanente de diálogo entre todos os agentes da classe política maranhense e de acompanhamento das proposições de interesse dos municípios que estão tramitando no Congresso Nacional.

Durante o evento, o deputado Marco Aurélio destacou a importância da integração entre as esferas estadual, municipal e federal para a solução dos problemas municipais.

ENSINO SUPERIOR

O ensino superior também tem pautado as discussões do professor Marco Aurélio. Em fase de viabilização de R$ 1 milhão junto ao governo do estado, o parlamentar reuniu com a direção, professores e alunos da Uema de Imperatriz, a fim de que seja melhorada a produção acadêmico-científica na região.

Outro evento marcante ocorrido no fim de semana foi a filiação da presidente da Associação de Moradores do Parque Alvorada II, Dôra, ao Partido Comunista do Brasil (PCdoB). “A companheira Dôra é uma guerreira que vem fortalecer o nosso partido e chega forte, com a experiência de um trabalho comunitário consistente em Imperatriz”,  destacou Marco Aurélio.

Além das atividades em Imperatriz, o parlamentar participou de reuniões com lideranças comunitárias nas cidades e Davinópolis e João Lisboa.

Deixe uma resposta