Petrobras reduz preço dos combustíveis; Parente diz que não foi intervenção

Em meio à pressão do governo para que os preços dos combustíveis sejam reduzidos, a Petrobras anunciou que baixará os valores do diesel e e da gasolina nas refinarias a partir desta quarta-feira (23/05). Segundo o presidente da estatal, Pedro Parente, não houve intervenção do Palácio do Planalto na medida. Os preços, garante ele, caíram porque o dólar recuou após intervenção do Banco Central no mercado de câmbio.

A redução dos preços dos combustíveis foi feita pela Petrobras por meio de um comunicado ao mercado. Assim que tomaram conhecimento, os investidores derrubaram os preços das ações da companhia na Bolsa de Valores. Eles temem que se repita com a Petrobras o que ocorreu no governo de Dilma Rousseff.

Conforme o comunicado da petroleira, o diesel será reduzido em 1,54%, para R$ 2,3351 por litro nas refinarias. É a primeira redução desde 12 de maio. Já a gasolina ficará 2,08% mais barata, vendida nas refinarias a para R$ 2,0433 por litro, a primeira redução desde 3 de maio.

Correio Braziliense

Deixe uma resposta