O bom exemplo do Cel Célio Roberto no comando do Corpo de Bombeiros do Maranhão

No comando do Corpo de Bombeiros desde 2015, Célio  Roberto Pinto de Araújo vai deixando seu legado na corporação da melhor forma possível: dando bom exemplo de como trabalhar de forma humanizada salvando vidas.

Nascido em uma família de nove irmãos, dois já falecidos , Cel Célio Roberto sempre foi exemplo dentro de casa e agora faz história no comando do Corpo de Bombeiros. Aprendeu a ser responsável e trabalhou desde cedo, para ajudar em casa. Sua maior referência nos estudos foi seu Tio, já que seus pais não tiveram oportunidade de estudar. Então, ele estudou na Escola Técnica, época a qual já sabia o que queria fazer da vida, e foi quando abriu concurso  pra sargento. Ele concluiu o terceiro ano e passou no Concurso.

Ribamarense e evangélico, ele congrega na Igreja Quadrangular de São Luís. Cresceu com a família unida, vencendo dificuldades, e já aos oito anos de idade, começou a trabalhar vendendo picolé, mas claro, sem deixar os estudos de lado.

Sempre gostei de estudar. Ao mesmo tempo que eu estudava, eu também trabalhava, não deixava de ser criança, fazia meu trabalho, mas também brincava muito. Quando tinha onze anos, conheci aquele lugar onde iria exercer a minha profissão no futuro e fiquei encantado: o Comando“, revelou.

Já são quase sete anos à  frente do Corpo de Bombeiros, onde tem conquistado bastante respeito e êxito, diga-se de passagem. Responsável, ético, solidário, Célio Roberto tem participação ativa nas ações da corporação e faz questão de estar ao lado de sua equipe.

Ao longo desses anos, hoje posso dizer que buscamos muitas coisas, e de tudo que conseguimos, o melhor foi a valorização dos nossos profissionais. Peguei uma tropa desmotivada , com represamento gigantesco na carreira profissional e hoje com 6 anos e meio já passamos de 2.600 promoções, nosso efetivo é de  1.600 homens, isso é uma marca de compromisso que eu atribuo a Deus, que tem nos dado estratégias, aberto portas, e tem tocado no coração do nosso governador Flávio Dino, que tem sido uma pessoa muito voltada para o servidor, profissional, e nós só temos a agradecer por isso”, enfatizou. 

O comandante destaca também a parceria com o secretário de segurança pública, Jefferson Portela.

É o nosso apoiador de todas as causas. É  a primeira porta que bato para solicitar melhorias para nosso Comando. É um gestor sério e compromissado que nos ajudou muito e ajuda sempre que precisamos”, disse.

Sobre a vida e o dia-a-dia na corporação, o cel Célio Roberto se diz muito honrado com o carinho dos militares, das famílias dos militares, e que essa parceria é fundamental para o desenvolvimento de um bom trabalho e de uma boa convivência social.

“Sou cumpridor de obrigações, mas sou mais ser humano do que militar, trilhei esse caminho lá de baixo, fui galgando posições dentro da corporação e sei o valor real disso. A família tem parte fundamental nisso também, pois é ela que nos apoia, nos incentiva, e está ao nosso lado em todos os momentos. E nossa corporação hoje também se tornou uma grande família, onde convivemos em harmonia sempre com o mesmo propósito: salvar vidas”, realçou o comandante.

O comandante também destacou a importância do reconhecimento do material humano.

Reconhecer o material humano é você ter a possibilidade de fazer acontecer com o que você tem, que é a principal ferramenta , que são nossos homens e mulheres, pois quem da vida pra isso são eles, os agentes transformadores, sem depender de comando. Eu sou bombeiro de coração e eles sabem que podem contar comigo. É claro que existe a necessidade  de equipamentos e pela primeira vez, hoje o militar conta com esse suporte, trabalhando de forma segura, o que acaba formando uma doutrina. É o conjunto do material humano com os equipamentos necessários”, declarou.

Escola Militar

O comandante falou também da importância das Escolas Militares no Estado.

As Prefeituras estão solicitando cada vez mais Unidades da Escola Militar, o que é muito gratificante, pois existe todo um lado social, interação , a figura do bombeiro tem esse atrativo sobre as crianças, e na Escola eles tem a possibilidade de conhecer também a profissão, o lado do respeito aos professores, autoridades, elas passam a ter mais responsabilidade e replicam isso em suas casas, o que é um ganho fantástico, trabalhando e fazendo segurança pública preventiva na modalidade primária. A Escola Militar trabalha com disciplinas de instrução militar, dentro da sala de aula existe um comando, uma organização, que fica a cargo do aluno xerife. Nossas crianças gostam de disciplinas, apenas precisam conhecer as regras”, pontuou o comandante.

Pré-candidatura a deputado estadual 

Durante entrevista ao nosso Blog, o comandante confirmou sua pré-candidatura a deputado estadual nas eleições de 2022. De acordo com Célio Roberto, o desejo de entrar na política nasceu primeiro no coração de Deus e veio para ele por meio de sinalizadores.

É fruto de uma construção coletiva, as pessoas foram me convidando, me convencendo, não é simplesmente um projeto pessoal, nós temos condições . Os amigos, familiares vão começando a falar sobre o assunto, e o desafio da política é mais ou menos isso, você tem que ser alguém que seja facilitador. Aqui eu recebo solicitação que não é minha atribuição, mas o que não dá para eu resolver, já encaminho para tentar resolver. Na vida precisamos ser facilitadores”, ressaltou o pré-candidato.

Sobre qual Partido disputará a eleição ano que vem, ele disse que está analisando as siglas e que já tem convites do PSB, PTC, e outros, mas que está avaliando qual melhor caminho a seguir. A defesa do Evangelho será uma das bandeiras em um eventual mandato do coronel. Segundo ele, as Igrejas que já desempenham um papel social muito bom, podem trabalhar juntas também  pelo Estado.

Deixe uma resposta