Bastidores de uma diplomação

A cerimônia de diplomação dos eleitos de 2014, realizada na última sexta-feira (20), teve vários momentos emocionantes. Mas sem dúvida, o momento de maior emoção foi protagonizado pelo governador eleito Flávio Dino, quando da sua fala já de governador diplomado oficialmente. Leve, tranquilo e sorridente, Flávio Dino agradeceu bastante a todos os maranhenses que lhe concederam essa missão de governar o Estado, e disse que o diploma que tinha acabado de receber pertencia aos esquecidos do Maranhão, aqueles que ainda moram em casas de taipa, aos deficientes. E Flávio Dino chorou. Chorou muito ao relembrar a difícil caminhada que realizou até finalmente ser eleito em 5 de Outubro. Agradeceu principalmente aos seus pais, que também estavam presentes à diplomação, aos seus irmãos, a esposa Daniela Lima e demais familiares.

Já pelo lado dos deputados eleitos, muita emoção também na entrega do diploma ao deputado estadual eleito Cabo Campos, que ao receber o diploma, não se aguentou de alegria e gritou: “Toda honra e glória a te, Senhor”, agradecendo a Deus pela benção alcançada.

Outro deputado que estava radiante ao receber o diploma era Rubens Pereira Jr, que em Fevereiro parte para Brasília para assumir seu primeiro mandato como deputado federal. Seus pais, Rubens Pereira e Suely Torres, prefeita de Matões, acompanhavam tudo da “plateia” e não cabiam em si de tanto orgulho do filho.

Já no fim da cerimônia, os diplomados foram surpreendidos por uma rápida manifestação com cartazes e faixas dos aprovados do concurso da Polícia Militar, pedindo socorro aos parlamentares, pois estão na expectativa de serem chamados para trabalhar logo no começo de Janeiro.


E assim foi a diplomação dos eleitos 2014, que, em meio a tanta emoção, conseguiu não ser mais só um evento “político” enfadonho, mas sim um momento único, de descontração, esperança, sentimentos e alegria que refletiam nos semblantes de cada eleito. A titular do blog deseja boa sorte e que todos honrem com dignidade e segurança seus mandatos para os quais foram eleitos.

 

Deixe uma resposta