Já pensando em 2018, Ricardo Murad?

O secretário estadual de saúde do Maranhão, Ricardo Murad, é daqueles políticos que dormem com um olho aberto e outro fechado, já pensando no famoso “pulo do gato”. O ano ainda nem acabou, o governador eleito Flávio Dino ainda nem sentou na principal cadeira do executivo estadual e o quase ex-secretário já está “viabilizando” seu nome para a disputa estadual de 2018. Como assim?

Pois bem. Em 2014, Murad abriu mão de se candidatar a reeleição a deputado estadual, para continuar à frente da secretaria até o fim do ano, mas conseguiu eleger a filha Andrea Murad e o genro Sousa Neto para a Assembleia Legislativa. Tudo indica que os dois serão “as vozes” de Ricardo dentro da “Casa do Povo” contra Flávio Dino. O certo é que o secretário não quer ser esquecido de jeito nenhum no meio político, já que a partir de 2015 ele ficará sem mandato, e já quer começar a trilhar o caminho rumo ao “consenso” em torno do seu nome no grupo ao qual pertence, atitude a qual os membros do PMDB já reprovaram.

Em recente entrevista a um jornal local, Ricardo Murad ressaltou ainda que a viabilização de seu nome dentro do grupo político do qual faz parte está condicionado à aposentadoria de Roseana Sarney e a saída do senador Edison Lobão Filho, candidato derrotado por Flávio Dino ao Governo do Estado nas eleições de outubro. Ele promete ainda continuar sua militância na saúde pública e fiscalizando o governador eleito. Ricardo refutou a hipótese de concorrer à Prefeitura de São Luís, como forma de fortalecer seu nome. Para ele, um projeto inviabiliza o outro. Aguardemos cenas dos próximos capítulos.

Deixe uma resposta