HTO contabiliza mais de 200 mil atendimentos e procedimentos em dois anos

O Hospital de Traumatologia e Ortopedia (HTO) completou, nesta quinta-feira (11), dois anos de serviços prestados à população maranhense. A unidade registrou mais de 200 mil atendimentos e procedimentos no período, sendo 6.520 cirurgias.

A unidade contabilizou, ainda, 79.284 atendimentos em consultas médicas e multiprofissionais, 6.459 internações e 109.622 exames médicos.

“Para o Governo do Estado, o HTO representa uma referência para todo o Maranhão. Além de abrir hospitais e serviços médicos, o nosso compromisso é cuidar da vida das pessoas, pois não basta ter uma boa estrutura, é preciso olhar para o paciente como alguém especial. Dois anos de instituição significa dois anos de dedicação”, disse a secretária adjunta de Assistência à Saúde da SES, Carmen Belfort.

Profissionais, pacientes e seus familiares celebram dois anos de assistência do HTO (Foto: Márcio Sampaio)

O HTO possui 44 leitos, sendo 30 destinados à ortopedia e traumatologia, dois para pediatria cirúrgica, dois de pediatria clínica e 10 para UTI adulto.

“A integração de toda a equipe é o que faz do serviço ofertado pelo HTO algo diferenciado. Além do atendimento técnico e científico, de acordo com a necessidade da pessoa, procuramos trazer conforto e alento durante a sua passagem pela unidade hospitalar”, afirmou o diretor geral do HTO, Odair Tostes.

De acordo com o coordenador do setor de Ortopedia do HTO, Newton Gripp, a unidade da Rede da Secretaria de Estado da Saúde (SES) aposta na qualidade dos serviços ofertados.

Valdinê dos Santos fez a primeira consulta no HTO (Foto: Márcio Sampaio)

“No primeiro ano de funcionamento, o HTO realizou mais de 3 mil cirurgias, isso tudo tendo como contexto o cenário de crise instalada no País. Em 2019, chegamos à marca de mais de 6.500 cirurgias realizadas, o que corresponde a um crescimento de 23% em comparação ao ano passado. Isso tudo coroa o foco do nosso atendimento: o paciente”, pontuou Gripp.

Em junho deste ano, o Instituto Interpreta realizou uma pesquisa que mostrou aprovação de 97% dos pacientes atendidos no HTO.

A pesquisa também mostrou que 88% dos entrevistados avaliaram que a inauguração do hospital melhorou o atendimento ortopédico para a população. A pesquisa sobre o HTO foi feita entre os dias 23 e 25 de maio com 400 pessoas.

Segundo Maria Cardoso, de 65 anos, o tratamento no hospital é o diferencial.  Vítima de acidente de moto, a paciente completou um mês de assistência no HTO. “Depois de ter sofrido o acidente fui levada para o Socorrão, e em seguida transferida para cá. Passei pelas cirurgias e posso dizer que a forma com que me tratam é muito boa”, comentou.

Natural do município de Urbano Santos, Valdinê dos Santos, de 55 anos, está na expectativa por iniciar o seu tratamento no HTO. “A recepção aqui é ótima. Sofri um acidente de moto no início do ano, em fevereiro fiz a cirurgia no Socorrão II para colocação dos pinos na perna. Hoje é a minha primeira consulta; vou fazer o raio-X e espero que tudo dê certo”, comentou.

Deixe uma resposta