Governador reúne Congep e define metas para o desenvolvimento do Maranhão

O governador Flávio Dino coordenou, nesta quinta-feira (26), a segunda reunião do Conselho de Gestão Estratégica das Políticas Públicas do Governo (Congep) para definir e acompanhar prazos e metas do Governo do Estado. Formado pelo vice-governador, Carlos Brandão, e por todos os secretários de estado, a reunião que ocorre uma vez por mês, teve o objetivo de avaliar as ações executadas pelo Governo do Estado, além de traçar novas diretrizes e metas para os próximos dias.

alt

Durante o encontro, foi tratado novamente sobre a ferramenta que será utilizada durante todo o governo para controle das metas de curto, médio e longo prazo, estabelecidas pelo governador para cada secretaria. As de curto prazo devem apresentar resultados em até 90 dias; as de médio prazo devem ser realizadas ainda este ano, e as metas de longo prazo precisam ser finalizadas até o término da gestão. A ferramenta será acompanhada pela Casa Civil.

“Com o sistema vamos acompanhar a execução de cada tarefa dada pelo governador. Isso vai nos ajudar a alcançar cada meta no menor tempo possível, com transparência e qualidade, gerando cada vez mais benefícios para a população do Maranhão”, explicou o secretário-chefe da Casa Civil, Marcelo Tavares.

Flávio Dino explicou que o programa de monitoramento de metas que já está em fase de implantação, diz respeito diretamente aos interesses dos cidadãos, e frisou que um governo que trabalha com metas e resultados, é um governo eficiente. “Estamos a cada reunião avançando com o secretariado no estabelecimento de prazos para que os resultados, que já estão ocorrendo, possam acontecer com ainda mais velocidade”, afirmou.

O governador aproveitou para comentar, durante a reunião do Congep, sobre o encontro com a presidenta Dilma Rousseff, em Brasília, na tarde de quarta-feira (25). O chefe do Executivo do Maranhão apresentou à presidenta projetos prioritários: Plano de Ação Mais IDH, Programa Escola Digna e propostas sobre rodovias federais que cortam o Estado. Segundo Flávio Dino, a presidenta demonstrou solidariedade com o Maranhão e se comprometeu em ajudar o estado via programas federais que tenham maior impacto para a população maranhense, em sintonia com os pleitos apresentados pelo governador.

“Fomos recebidos da melhor maneira possível pela presidenta e pelos ministros, ela foi atenciosa e discutiu os nossos programas um a um, com muito cuidado e atenção. Passamos duas horas e meia tratando de todas as nossas propostas como Plano de Ação Mais IDH, Programa Escola Digna, dentre outras, longamente e de maneira individual, o que mostra que temos novas e boas oportunidades junto ao Governo Federal”, comentou.

Recursos

Com o debate e discussão sobre as metas da gestão estadual, a titular da Secretaria de Estado do Planejamento e Orçamento (Seplan), Cynthia Mota Lima, fez uma explanação de como as secretarias precisam proceder quanto aos empenhos e pagamentos dos processos, inclusive em relação ao Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

 

Deixe uma resposta