Eleições São Luís 2016: Considerações sobre os últimos acontecimentos…

Com menos de cinco meses para as eleições municipais, todos os pré-candidatos seguem se articulando, agora, mais do que nunca. A mídia alinhada ao Palácio Lá Ravardiére, alardeia aos quatro cantos, que o Prefeito Edivaldo segue alegre e empolgado com a quantidade de partidos que já lhe prometeram fidelidade (não se sabe até quando). Mas a pergunta que não quer calar, é: Isso é garantia de alguma vitória nas urnas? Claro que não! Ora, não vamos longe. Em 2012, o hoje conselheiro do TCE e ex vice-governador Washington, filiado ao PT na época, reuniu a maior coligação já vista em uma eleição majoritária (foram exatos 12 partidos o apoiando) e o resultado foi desastroso, como já sabemos. Aliada a essa ilusão de que “quanto mais partidos apoiando, mais certa é a vitória”, está a ânsia de políticos que querem tirar uma casquinha a qualquer custo do processo eleitoral. Senão, vejamos.

Helena Duailibe (espécie de pau pra toda obra), Honorato Fernandes (vereador inoperante) e Severino Sales (playboy que sempre quer aparecer), três péssimas opções para ser vice de Edivaldo Jr.

Helena Duailibe (espécie de pau pra toda obra), Honorato Fernandes (vereador inoperante) e Severino Sales (playboy que sempre quer aparecer): três péssimas opções para vaga de vice de Edivaldo Jr.

Com os “apoios” chegando, é a hora também de tratar sobre a escolha do vice, parte não tanto agradável das eleições. Pois bem. São muitos os postulantes ao cargo, gente que nunca teve voto nenhum, que foi eleito não se sabe como e pior, gente que não faz e nunca fez nada pela melhoria da nossa cidade. Entre os que já “colocaram seu nome a disposição”, estão: Helena Duailibe, uma espécie de “pau pra toda obra”- para ela, não importa qual o Governo está no poder, ela quer é entrar. Honorato Fernandes, vereador inoperante e totalmente inexpressivo, que venceu a eleição para vereador não se sabe como, e o pior nome de todos: Severino Sales. Em release distribuído para a Imprensa, o ex vereador, que nunca desenvolveu um projeto em prol de São Luís, Severino Sales, se oferece descaradamente para ser uma “opção” ao ainda prefeito Edivaldo Holanda Jr, relatando um tal de carisma que só ele vê. Pode? Se carisma ganhasse eleição, Edivaldo Jr já estaria reeleito, pois ele sim, tem um carisma natural. Mas o que adianta este tal de carisma, se uma vez sentado na cadeira, ele se mostrou um péssimo gestor?

Meus queridos, São Luís não precisa de gente oportunista, gente que não faz nada e muito menos de gente que acha que tem carisma. Isso é um absurdo! São Luís precisa de pessoas aguerridas, que não são apegadas ao poder, gente da nova geração, com novas ideias, com pulso firme, mas ao mesmo tempo com uma alma leve, que saiba escutar a população, trabalhar em prol dos ludovicenses, buscar recursos, enfim, fazer o que é de sua obrigação: Trabalhar pelo povo!

Deixe uma resposta