Caixa sobe juros de financiamento imobiliário pela 2ª vez neste ano

A Caixa Econômica Federal, que detém 70% do crédito imobiliário no país, anunciou um novo aumento na taxa de juros para financiamentos imobiliários feitos com recursos da poupança.

Essa é a segunda alta promovida pela instituição neste ano, a primeira aconteceu em janeiro. Segundo a Caixa, o reajuste é reflexo do aumento da taxa básica de juros, a Selic, atualmente em 12,75% ao ano.

O reajuste é válido para contratos feitos pelo SFH (Sistema Financeiro Habitacional) – que rege a maioria dos financiamentos imobiliários do país e é voltado para imóveis com valor de avaliação até R$ 750 mil.

Nos financiamentos feitos pelo SFH, a taxa balcão –para clientes sem relacionamento com o banco– passou de 9,15% ao ano para 9,45% ao ano mais a TR (Taxa Referencial). Em janeiro, ela não havia sido alterada.

Para quem já tem relacionamento com o banco (quem é correntista, por exemplo), os juros subiram de 9% ao ano para 9,30% ao ano mais TR.

A nova taxa será aplicada somente aos imóveis financiados a partir do dia 13 de abril.

Os financiamentos contratados com recursos do Programa Minha Casa Minha Vida e do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) não sofreram reajustes na taxa de juros.

PERCENTUAL FINANCIADO

Além da mudança nas taxas de juros, houve também alteração no LTV (do inglês, loan-to-value), que mede o percentual do valor total do imóvel que pode ser financiado.

O percentual passou de 90% para 80% nas operações do SFH. Para contratações pelo sistema de amortização Tabela Price, a cota máxima de financiamento passou de 70% para 50% nas operações do SFH.

Fonte: Folha.uol

Deixe uma resposta