Banco Central multa Cunha e mulher em R$ 1,13 milhão

O Banco Central (BC) multou o presidente afastado da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha, em R$ 1 milhão por manter contas não declaradas no exterior em 2007 e 2014. A esposa de Cunha, Claudia Cruz, também recebeu uma penalidade de R$ 132.486,55 no processo administrativo que tramita na autoridade monetária contra o casal.

cunhaemul

Despacho da Procuradoria-Geral do BC determina que as informações sejam encaminhadas ao Conselho de Ética da Câmara, que decide hoje se caça ou não o mandato de Cunha. O documento também foi remetido para a Procuradoria-Geral da República (PGR), para o Supremo Tribunal Federal (STF) e à 13ª Vara Federal de Curitiba, que investiga se Claudia usufruiu da propina.

Cunha recorrerá ao Conselho de Recursos do Sistema Financeiro Nacional e argumenta que não há obrigatoriedade de declaração, pois a existência de “trusts” não implica a titularidade do patrimônio.

Correio Braziliense

Deixe uma resposta