Atenção, servidores estaduais: Assembleia aprova Clube de desconto do servidor

Em sessão nesta terça-feira (5), a Assembleia Legislativa aprovou o Projeto de Lei Nº 066/2015, que institui o ‘Programa Clube de Desconto do Servidor do Poder Executivo’. A proposta, encaminhada na semana passada à Casa, estabelece uma política de parceria com empresas dos mais diversos ramos, com o objetivo de oferecer descontos ou condições vantajosas aos servidores públicos estaduais e seus dependentes, na aquisição de produtos e serviços em diversos estabelecimentos comerciais.

O Projeto de Lei foi entregue pelo secretário de Estado da Gestão e Previdência, Felipe Camarão, que pediu celeridade na votação. Em mensagem enviada à Casa, o governador Flávio Dino ressaltou que o projeto visa promover, na vida dos servidores, melhorias que não devem ficar restritas apenas ao ambiente de trabalho, mas, também, devem ser estendidas a toda a vida do servidor e sua família, principalmente nos momentos de lazer.

“A vida pessoal dos servidores afeta diretamente sua qualidade de trabalho e, consequentemente, a capacidade de trabalho do Estado em si. O Clube de Desconto, que fará parte da nova política de apoio e valorização do servidor, busca atendê-lo em suas diversas necessidades, tanto com economia nas compras de produtos de consumo diário, quanto da oferta de alternativas de serviços nas áreas de educação, saúde, lazer e qualidade de vida”, observou o governador Flávio Dino.

A execução do programa é de responsabilidade da Secretaria de Estado da Gestão e Previdência (Segep), que determinará uma comissão técnica para acompanhamento e controle.

“Acreditamos que o programa tem tudo para conquistar a simpatia dos servidores e a adesão dos empresários, que poderão dinamizar seus negócios com a conquista de milhares de clientes oriundos do funcionalismo público estadual”, destacou Felipe Camarão, ressaltando que o programa não acarretará impacto financeiro ao Estado, por não haver qualquer custo direto envolvido.

Na sessão desta terça-feira, o Plenário aprovou, ainda, outro Projeto de Lei de autoria do Poder Executivo (Nº 043/2015), que dispõe sobre a criação de gratificação por encargos de instrutória para servidores do Executivo que ministrem cursos, palestras ou afins, no âmbito da Escola de Governo do Maranhão (EGMA). As leis agora seguem para sanção do governador Flávio Dino.

Deixe uma resposta