Arnaldo Melo não terá direito a pensão vitalícia do Estado

O ainda deputado estadual Arnaldo Melo vai assumir o comando do Estado na próxima terça-feira (09) de dezembro. Arnaldo vai passar 22 dias dirigindo o Maranhão, mas seu presente de natal não será completo: Ele não terá direito a pensão vitalícia do Estado. O blog da Cristiana França andou conversando com especialistas da área, que confirmaram a informação. Acontece que o ADCT (Atos das Disposições Constitucionais Transitórias) da Constituição Estadual, prevê que o governante não receberá a pensão vitalícia por não assumir definitivamente o Estado, mas de forma interina. Portanto, nada de dinheiro para Arnaldo. Menos mal!

Deixe uma resposta