#VacinaSolidária arrecada 300 cestas com alimentos; Distribuição aconteceu na zona rural

A Prefeitura de São Luís realizou, na manhã deste sábado (24), a primeira entrega de alimentos arrecadados por meio da campanha Vacina Solidária. Foram distribuídas 300 cestas a famílias do bairro Vila Nova República, na zona rural, que estão cadastradas no Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) Maracanã e foram selecionadas de acordo com seu grau de vulnerabilidade.

A entrega foi acompanhada pela primeira-dama de São Luís, Graziela Braide, que destacou a importância da campanha. “A campanha Vacina Solidária é mais uma iniciativa da Prefeitura de São Luís para garantir assistência para as famílias que estão passando por dificuldades durante a pandemia e têm tido dificuldade para colocar comida na mesa. Com isso, além de garantir alimento para a nossa população mais carente, estamos trazendo também esperança para elas”, disse.

A distribuição aconteceu na Associação de Moradores da Vila Nova República e o representante de cada família recebeu senha para que a distribuição ocorresse de forma organizada e sem aglomerações, seguindo as medidas sanitárias. A ação foi organizada pelas secretarias municipais de Segurança Alimentar (Semsa), que fez o recolhimento e separação dos alimentos, e da Criança e Assistência Social (Semcas), que fez a identificação das famílias beneficiadas.

De acordo com a titular da Semcas, Rosângela Bertoldo, a Prefeitura de São Luís tem prestado assistência continuada às famílias durante a pandemia. “Todas as famílias que estão recebendo as cestas hoje são cadastradas no CadÚnico e fazem parte de programas sociais como o Bolsa Família e estão sendo assistidas pela Prefeitura de São Luís. Temos acompanhado de perto estas famílias por meio dos nossos 20 Cras, com o apoio necessário neste momento, como a entrega de cestas de alimentos entre outras ações”, informou.

O alimento chegou em boa hora à casa de Marinilde da Silva. Ela e o marido estão desempregados e tendo dificuldades para sustentar a família. “Esta cesta vai ajudar muito a gente porque com o pouco dinheiro que temos conseguido com os bicos do meu marido vamos comprar outras coisas de necessidade”, disse.

Quem também ficou feliz em receber a cesta foi a dona de casa Rosirene Cosme Silva. “Somos quatro pessoas em casa. Meu marido não está empregado, então, eu sou muito grata a Deus e à Prefeitura de São Luís por essa ajuda”, comentou.

Cada cesta tem 2kg de arroz, 1kg de açúcar, 1kg de feijão, um pacote de café, um de macarrão, um de leite, um de flocão de milho, um de café, um de biscoito e óleo de cozinha.

De acordo com o titular da Semsa, Junior Vieira, a Prefeitura de São Luís tem garantido alimento na mesa da população por meio de diversos programas. “Alimento na mesa é sinônimo de saúde. Por isso, a gestão do prefeito Eduardo Braide tem seguido com entregas por meio do Programa de Aquisição de Alimentos, o Peixe na Mesa, em parcerias com empresas privadas; agora temos a campanha Vacina Solidária e estamos estudando a possibilidade de reativar outros programas para garantir alimento para as famílias que estão enfrentando dificuldades com a falta de emprego e perda de renda”, afirmou.

Somente este ano já foram entregues mais de cinco mil cestas de alimento, 2.500kg de hortifruti por meio do Programa de Aquisição de Alimento (PAA) e 125 toneladas de peixe por meio do Programa Peixe na Mesa, beneficiando 50 mil famílias.

Vacina Solidária

A campanha Vacina Solidária é uma iniciativa da Prefeitura de São Luís com o objetivo de arrecadar alimentos não perecíveis nos pontos de vacinação para serem doados a famílias em situação de vulnerabilidade em São Luís.  A entrega pode ser feita no drive-thru da Universidade Federal do Maranhão (UFMA); no drive-thru do Espaço Reserva, ao lado do Shopping da Ilha; no Centro Municipal de Vacinação, no Multicenter Sebrae; e no Centro de Convenções da UFMA. A entrega pode ser feita das 8h às 18h, por quem for a estes locais receber a primeira ou segunda dose da vacina contra Covid-19.

Deixe uma resposta