Sá Marques segue firme na greve de fome; Prefeitura ainda não fez contato

O vereador e Professor Sá Marques, acampado desde esta quinta-feira (6), segue firme na greve de fome em frente a sede da Prefeitura de São Luís, e diz que só vai deixar o local quando for recebido pelo prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Júnior, e consequentemente, ter seus pleitos atendidos.

Não vou recuar, minha honra vai ate as últimas consequências. A população merece respeito, merece serviços de qualidade. O bairro do João Paulo clama por melhorias, e precisa ser respeitado”, afirmou o parlamentar.

Entenda o Caso

O Vereador Sá Marques, desde o mês de Janeiro, está denunciando que o atual secretário de Obras e Serviços Públicos (Semosp), Antonio Araújo, continua  abandonando diversas áreas pela cidade, para prejudicá-lo politicamente.

Ele lembra também que, ano passado, todos os vereadores de São Luís aprovaram o empréstimo de R$ 343 milhões para que a cidade fosse toda tratada de forma igualitária.

“O que estamos vendo, infelizmente, é que o senhor secretário Antônio Araújo tem asfaltado áreas nobres e abandonando a periferia. O Programa São Luís em Obras precisa chegar em toda a cidade, e não apenas em alguns locais privilegiados”, lamentou.

Sá Marques já relatou por várias vezes que quer melhorias estruturais para bairros de São Luís, no que diz respeito principalmente as ações de saneamento básico e infraestrutura.

Na foto abaixo, a cabana montada em frente a Prefeitura, onde Sá Marques passou a noite.

E a Prefeitura continua assim, de portas fechadas para o parlamentar.

Deixe uma resposta