Pacovan é preso novamente no Maranhão

pacovanA Polícia Civil do Maranhão prendeu quatro pessoas na manhã desta terça-feira (05). Entre eles, o suspeito de agiotagem Josival Cavalcanti da Silva, mais conhecido como Pacovan (foto). Foram presos ainda, José Epitácio Muniz Silva – o “Cafeteira” – contador da prefeitura de Marajá do Sena; Richard Nixon Monteiro dos Santos, prefeito da cidade de Bacuri; Perachi Roberto Moraes, ex-prefeito de Marajá do Sena.

Os quatro são mais alguns dos investigados no inquérito aberto para apurar o esquema de agiotagem envolvendo prefeituras maranhenses descoberto por ocasião do assassinato do jornalista Décio Sá.

Esta é a segunda vez que Pacovan é preso. Em 2013, a Polícia Federal prendeu o empresário dentro da Operação intitulada de “Usura II”, que investigava o desvio de recursos públicos de prefeituras do Maranhão e o envolvimento com crime de agiotagem. À época, a esposa de Pacovan, Edna Cavalcanti e o ex-secretário de Saúde de Bacabal, Lílio Guega também foram conduzidos pela PF.

Coletiva de Imprensa

Às 15h, na Superintendência de Investigação Criminal (Seic), no Bairro de Fátima, o delegado geral Augusto Barros dará entrevista coletiva para informar mais detalhes sobre as prisões e investigações e ações de combate à agiotagem no Maranhão.

Serviço

O quê: Coletiva de imprensa

Onde: Superintendência de Investigações Criminas (Seic), Bairro de Fátima

Horário: 15h

 

Deixe uma resposta