Governo realiza diligência anual com a Fitch Rating e apresenta resultados fiscais do Maranhão

Na manhã desta segunda-feira (26), representantes do Governo do Maranhão participaram de forma remota da diligência anual com os analistas da Fitch Rating Thaís Funagoshi e Fábio Bittar. O comando da reunião ficou a cargo da Secretaria de Estado do Planejamento e Orçamento (Seplan), sob a responsabilidade da Secretaria Adjunta do Tesouro e Contabilidade. Na pauta, foram discutidos assuntos como gestão fiscal, situação econômica do ente, estratégia do Estado para o exercício financeiro de 2021, orçamento, dívida ativa, precatórios, previdência, riscos fiscais e passivos contingentes. A divulgação da nota do Maranhão lançada pela Agência de Fisco deverá acontecer até o final do mês de junho.

A reunião teve como principal objetivo explanar os inúmeros resultados fiscais de 2020 e as perspectivas para os próximos. O secretário adjunto do Tesouro e Contabilidade da Seplan, Marcello Duailibe, que na ocasião representou a secretária Cynthia Mota, disse que a diligência foi positiva, pois o Governo teve a oportunidade de apresentar mais uma vez, com bastante transparência, os resultados significativos de 2020.

“Como acontece anualmente em todas as diligências com as Agências de Risco, o Estado apresentou os principais resultados atinentes ao exercício de 2020 e as perspectivas para 2021, sempre com muita transparência. Mesmo com os desafios impostos pela pandemia, atingimos nossas metas fiscais e conseguimos proporcionar solidez para a manutenção das nossas políticas públicas”, declarou Marcello Duailibe.

Mesmo diante de uma pandemia, e com baixa na atividade econômica, o Estado do Maranhão conseguiu realizar um resultado primário superavitário (R$ 680 milhões), bem como saldo positivo no mercado de trabalho da ordem de 19 mil empregos, com destaque para a indústria de transformação, que voltou a registrar bom desempenho após seis anos de baixa.

Representando a Fitch Rating, os analistas Thaís Funagoshi e Fábio Bittar ressaltaram que a diligência foi de alto nível, por ser transparente com as exposições dos dados, auxiliando na avaliação do Rating estadual, que atualmente se encontra em BB- com perspectiva de melhora no curto prazo.

Participaram também da reunião, de modo virtual, representantes das Secretarias de Estado da Fazenda (Sefaz), Secretaria de Estado da Gestão, Patrimônio e Assistência dos Servidores (Segep), Procuradoria Geral do Estado (PGE), Instituto de Previdência dos Servidores do Estado do Maranhão (Iprev), do Instituto Maranhense de Estudos Socioeconômicos e Cartográficos (Imesc), onde apresentaram ações e programas de suas pastas.

Deixe uma resposta