Governo disponibiliza testagem para Covid-19 ao público de 30 a 50 anos no Maranhão

Helbert Charles fez a testagem na UPA

O Governo do Maranhão está ampliando, desde o início desta semana, a testagem para a detecção da Covid-19 em pessoas de 30 a 50 anos em Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) de São Luís e de outras cinco cidades do estado. A iniciativa integra as ações da Secretaria de Estado da Saúde (SES) para o monitoramento dos casos da doença no estado. A estimativa é realizar cerca de dois mil testes diários até o dia 4 de maio em pacientes que apresentem sintomas da doença.

De acordo com o secretário de Estado da Saúde (SES), Carlos Lula, essa iniciativa visa à continuidade do acompanhamento da pandemia no estado. “Assim como disponibilizamos a testagem via drive-thru para o público de 45 anos ou mais no Parque do Rangedor, agora estaremos realizando, só que dessa vez nas UPAS, a testagem para a detecção da Covid-19 nesse novo público. Nosso objetivo com essa iniciativa é realizar cerca de dois mil testes diários. A testagem segue sendo um dos pilares adotados pelo Governo no enfrentamento à Covid-19”, destaca o secretário Carlos Lula.

Em São Luís, a testagem pode ser realizada nas Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) do Araçagi, Vinhais, Itaqui-Bacanga, Cidade Operária e Parque Vitória. Já no interior do estado, estarão disponibilizando o serviço a UPA Bernardo Sayão, em Imperatriz, além das UPAs de São João dos Patos, Codó, Coroatá e Timon.

Os pacientes são avaliados em uma triagem e os sintomáticos podem realizar o teste imediatamente. O método utilizado será o RT-PCR, onde o teste é realizado através de amostras coletadas através de swab, um cotonete estéril que é inserido no nariz. Esse tipo de teste identifica o vírus no início da doença, especialmente na primeira semana, quando o indivíduo possui grande quantidade do vírus Sars-CoV-2.

Com sintomas da Covid-19, Helbert Charles, de 43 anos, esteve na UPA do Vinhais depois de uma indicação do seu chefe para fazer a testagem. “Comecei a apresentar febre, dor de cabeça e no corpo, garganta inflamada. Foi então que, ao ir para o trabalho, me orientaram a vir até aqui. O Governo acertou da melhor maneira possível, pois esse tipo de teste além de caro também é complicado. Para quem não possui plano de saúde e não tem condições financeiras, está sendo muito bom”, afirmou.

A testagem pode ser realizada durante os sete dias da semana, 24 horas por dia. Para atendimento, o paciente deve apresentar RG, comprovante de residência e cartão do SUS em uma das unidades que disponibilizam os testes. A análise dos testes será realizada pelo Laboratório Central do Maranhão (Lacen) e o resultado será enviado por e-mail.

Deixe uma resposta