Ex-prefeito Sydnei Pereira deixa dívida milionária de mais de R$ 13 milhões em Anajatuba

Prefeito de Anajatuba, Sidney Pereira, é afastado do cargo após pedido do MP | Folha do MaranhãoDe acordo com informações e documentos que o blog teve acesso, o ex-Prefeito de Anajatuba, Sydnei Pereira, deixou uma dívida para nova gestão de mais de R$ 13 milhões só com encargos previdenciários.

Qualificada como uma gestão completamente irresponsável e, acima de tudo, desastrosa, ex-gestor comprometeu as finanças da prefeitura pelos próximos 20 anos, período estimado para que a administração municipal quite a dívida por completo.

As consequências da administração irresponsável do ex-prefeito não são apenas um saldo devedor de mais de treze milhões, mas o efeito que isso vai causar na maioria dos servidores públicos, efetivos e comissionados na hora de aposentar.

Muitos dos servidores municipais não tiveram os seus tributos, como o INSS recolhidos. Já inúmeros outros, que tiveram o imposto recolhido pela prefeitura, também terão problema, uma vez que o ex-prefeito não repassou esse imposto para a previdência.

Nos documentos levantados, o que mais chama a atenção, é a data do vencimento, ainda na gestão de Sydnei Pereira, mas sem que honrasse com o pagamento.

De acordo com especialistas ouvidos pelo blog, o ex-prefeito poderá ser responsabilizado judicialmente pela dívida, além de responder por ato de improbidade administrativa e crime de apropriação indébita previdenciária, considerando que houveram os descontos da cota-parte dos servidores sem o devido repasse ao órgão previdenciária competente.

Agora cabe ao Ministério Público investigar onde foi parar o dinheiro dos servidores.

Blog do Diego Emir

Deixe uma resposta