Eleições 2022! Márcio Honaiser confirma pré-candidatura para deputado federal

Márcio Honaiser faz resumo da rápida passagem na Assembleia Legislativa | O  ImparcialO deputado estadual Márcio Honaiser, atualmente no comando da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social (Sedes), confirmou nesta semana que é pré-candidato a deputado federal pelo PDT. Atualmente o Partido está sem representante maranhense na Câmara dos Deputados.

“Aceito o desafio de ser pré-candidato a deputado federal com força e determinação. Este não é um projeto pessoal é um projeto do nosso grupo. Do PDT. Na Câmara seguirei trabalhando e contribuído com o desenvolvimento do nosso Estado”, disse Márcio Honaiser.

Márcio Honaiser tem mais de 30 anos de militância política no PDT. Em 1988 conheceu o Dr Jackson Lago e deu os primeiros passos na política no movimento estudantil.

“Fui dirigente municipal, estadual e nacional da Juventude Socialista do PDT. Nunca estive em outro partido. Sempre militei na defesa de políticas voltadas para a juventude, a educação, os direitos dos trabalhadores e as pessoas em vulnerabilidade social. Sigo neste caminho na certeza de que o olhar do gestor e do político sempre tem que ser voltado para o povo”, destaca Márcio Honaiser.

Em 2015 Márcio Honaiser foi convidado pelo governador Flávio Dino, de quem é amigo e contemporâneo de movimento estudantil, a assumir a Secretaria de Agricultura, Pecuária e Pesca, com o objetivo de ajudar a retomar o setor produtivo do estado e ser uma ponte com o Sul do Maranhão.

“Assumimos a Sagrima num momento de mudança política em nosso Estado. Juntos iniciamos um novo ciclo na história do Maranhão. Trabalhamos de forma incansável nesta missão dada pelo governador”, disse Márcio Honaiser que durante a sua gestão, dinamizou as políticas públicas para o setor, com programas como Mais Produção, Agropolos, Mais Sementes e outros, o que levou o Maranhão a ser o estado com maior crescimento de PIB no País em 2017

Em 2018 concorreu, com êxito, a um mandato de deputado estadual. Logo no início do seu mandato, em 2019, foi novamente convidado pelo governador Flávio Dino a integrar a sua equipe, agora na condição de titular da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social.

A frente da Sedes Márcio Honaiser tem realizado uma gestão firme e competente. Os números alcançados pela Secretaria desde então mostram o êxito deste trabalho. Ao assumir a direção da Sedes em 2019, o Estado contava apenas com 14 municípios contemplados pelo programa Mais Renda. Hoje este número já chega a 66, ou seja, de 2019 até os dias de hoje 52 municípios foram incluídos no programa, sendo que destes 52 municípios.

Márcio Honaiser reage a denúncias de uso eleitoral da Sagrima | Gilberto  Léda

Outra marca forte da sua gestão são os restaurantes populares. Em 2019 Estado contava com 23 restaurantes populares, sendo que nenhum em municípios com menor IDH. Desde então este número duplicou. Foram inaugurados 29 restaurantes em municípios com baixo IDH, o que vem melhorando a qualidade de vida nos municípios mais carentes do Maranhão, e 5 restaurantes populares, ou seja, na sua gestão 34 novos restaurantes foram implantados e este número ainda vai aumentar até o final do ano.  Também na sua gestão foi criado o Vale Gás e está em fase de execução o Auxilio Cuidar. Uma gestão com o olhar voltado para a população em vulnerabilidade social.

“Muitas pessoas me perguntam porque não fiquei na Assembleia Legislativa ao invés de assumir a Sedes. Eu respondo que considero uma honra estar a frente desta Secretaria fundamental para sobrevivência das pessoas em vulnerabilidade social.  Assumi a Sedes e logo veio a pandemia, o que aumentou muito o nosso desafio. Mas seguimos firmes, trabalhando pelos que mais necessitam e este é sempre o que me guia. Trabalhar com os olhos voltados para os que mais necessitam”, disse Márcio Honaiser.

“Agora sigo para este novo desafio. Quero representar com muita honra o nosso Estado e nosso Partido na Câmara dos Deputados. Temos muito trabalho pela frente e quero dar a minha parcela de contribuição”, finaliza Márcio Honaiser.

Deixe uma resposta