Ele fica! Ministro Alexandre decide que eleição foi legal e Othelino permanece presidente da Assembleia até 2022

O ministro do STF, Alexandre de Moraes, em decisão manifesta nesta quinta-feira (25), decidiu que foi legal a recondução do deputado Othelino Neto (PCdoB) à Presidência da Assembleia Legislativa do Maranhão.

Segundo a decisão, a eleição de Othelino ocorreu conforme a Constituição Federal, Estadual e o Regimento Interno da Assembleia Legislativa.

Com isso, Othelino não corre mais o risco de sair da Presidência e cumprirá seu mandato até 2022.

Vale lembrar que diferente de outros estados, no caso da Assembleia Legislativa do Maranhão ocorreu apenas uma reeleição, uma vez que em 2018 o deputado Othelino assumiu com a morte de Humberto Coutinho. Cumpriu mandato tampão, foi eleito e depois reeleito.

Agora, cabe ao plenário do STF decidir se valerá a constituição dos estados e o regimento de cada assembleia. Decidindo assim, Othelino poderá até disputar novamente no fim de 2022.

Deixe uma resposta