Prefeitura de São Luís começa a aplicar terceira dose contra a Covid-19 em profissionais de saúde com 60 anos, nesta segunda-feira (27)

O prefeito Eduardo Braide anunciou, em suas redes sociais, o início da aplicação, nesta segunda-feira (27), da terceira dose ou dose de reforço contra a Covid-19, em profissionais da saúde a partir dos 60 anos A ação segue recomendação do Ministério da Saúde (MS). São Luís já vacinou com a terceira dose 4.672 idosos e imunossuprimidos, desde o dia 26 de agosto.

“Fomos a primeira capital do país a começar a vacinar com terceira dose idosos e pessoas imunossuprimidas, ainda no mês de agosto. Agora, mais uma vez, saímos na frente, e conforme já havíamos anunciado, nossos profissionais da saúde, também já receberão, a partir de amanhã, a terceira dose do imunizante contra o novo coronavírus. Nosso compromisso é que toda população possa estar protegida e vamos avançar cada vez mais na luta contra a Covid-19 em São Luís”, anunciou o prefeito Eduardo Braide.

Inicialmente, conforme planejamento da Campanha Municipal de Vacinação, a Secretaria Municipal de Saúde (Semus) vai vacinar os profissionais com idade a partir de 60 anos e que tomaram a segunda dose até 30 de março. Este público poderá ir a qualquer um dos nove pontos de vacinação da Prefeitura, instalados nos centros municipais de vacinação do Multicenter Sebrae, Universidade Federal do Maranhão (UFMA), Universidade Estadual do Maranhão (UEMA), Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (IFMA) Maracanã e Drive-thru do Ceuma, Ufma e Shopping da Ilha, que funcionam das 8h às 18h, levando documento de identificação com foto e o cartão de vacina.

O secretário municipal de Saúde, Joel Nunes, destaca o protagonismo da capital maranhense na vacinação. “Em cumprimento à determinação do prefeito Eduardo Braide, montamos uma grande estrutura que nos permite vacinar a população rapidamente, obedecendo os critérios do Ministério da Saúde e contemplando os grupos prioritários definidos; por isso, alcançamos grandes resultados. Em relação à dose de reforço, a vacina está disponível, e estamos sensibilizando o público-alvo para a importância de completar o ciclo”, afirma.

PRIMEIRA CAPITAL COM A D3

A capital maranhense foi a primeira a oferecer a terceira dose no país. O Ministério da Saúde havia autorizado a aplicação da dose de reforço da vacina contra a Covid-19 no Brasil a partir do dia 15 de setembro, no entanto, em São Luís, a vacinação começou um dia depois da publicação da orientação do MS, em 26 de agosto.

ANTECIPAÇÃO DA SEGUNDA DOSE

A gestão do prefeito Eduardo Braide segue também com a antecipação da aplicação da segunda dose dos imunizantes. O chamado está em andamento desde o dia 15 de setembro. Quem ainda não tomou a segunda dose deve ficar atento aos calendários de vacinação divulgados diariamente nos canais oficiais da Prefeitura de São Luís e se dirigir a um dos postos de imunização para completar o seu ciclo vacinal. Nesta segunda-feira (27), vacina quem está com a segunda dose agendada de 29 de outubro.

“É importante que as pessoas fiquem atentas à antecipação da segunda dose. A imunização só é completa quando o cidadão recebe as duas doses dos imunizantes. Por isso, temos feito vários chamamentos à população que vá a um dos pontos da Campanha de Vacinação”, explicou Delryhane Carvalho, coordenadora da Campanha Municipal de Vacinação contra a Covid-19 em São Luís.

Ela lembra, também, que, quem perdeu a data de tomar a segunda dose, não precisa esperar novo chamado. “Quem não tomou sua segunda dose no dia marcado no calendário, pode ir direto a um dos locais de vacinação para completar o ciclo”, enfatiza.

CALENDÁRIO DE ANTECIPAÇÃO DA SEGUNDA DOSE

Agendados dia 29/10: vacinam dia 27/09

Agendados dias 30 e 31/10: vacinam dia 28/09

#FILOMETRO

São Luís tem nove pontos de vacinação abertos das 8h às 18h. Antes de se deslocar para um deles, o cidadão deve verificar em qual local está disponível a vacina que irá receber. Para verificar como estão as filas nos postos de vacinação basta acessar http://semit.saoluis.ma.gov.br/filometro/

CAPITAL BRASILEIRA DA VACINA

A campanha de imunização contra o novo coronavírus em São Luís começou no dia 19 de janeiro e contabiliza importantes feitos, sendo a primeira capital a vacinar com a primeira dose 100% da população ludovicense alvo do Plano Nacional de Imunização do Ministério da Saúde; a primeira, também, a vacinar todos os adolescentes dos 12 aos 17 anos – e, ainda, a primeira a oferecer a terceira dose ou dose de reforço em idosos a partir de 70 anos e em imunossuprimidos.

Segundo dados do vacinômetro da Prefeitura de São Luís até sábado (25), foi contabilizado um total de 1.435.237 doses aplicadas. Já completaram o ciclo de imunização, ou seja, tomaram a D1+D2, 643.514 pessoas que receberam as vacinas Coronavac, AstraZeneca e Pfizer, além da dose única do imunizante Janssen, que integram o Plano Municipal de Imunização e disponibilizadas ao Município pelo Governo Federal por meio do Ministério da Saúde. Além dessas, mais 4.817 idosos ou imunossuprimidos já receberam a terceira dose contra o novo coronavírus.

PREVENÇÃO CONTINUA NECESSÁRIA

A Prefeitura reforça que mesmo após a segunda dose, a pessoa vacinada pode ser infectada pelo novo coronavírus e transmitir a Covid-19, sobretudo devido à circulação de novas variantes do vírus.

Por essa razão, o distanciamento social e todos os demais protocolos sanitários vigentes (fazer uso de máscara, higienização constante das mãos e evitar aglomerações), sejam seguidos de forma rigorosa, para reduzir as chances de transmissão, adoecimento, hospitalização e, nos casos mais graves, óbitos pela doença.

POSTOS DE VACINAÇÃO

– Centro Municipal de Vacinação – Multicenter Sebrae

– Drive-thru – Espaço Reserva (ao lado do Shopping da Ilha)

– Centro Municipal de Vacinação – Uema

– Drive-thru – Uema

– Drive-thru – Ceuma Renascença

– Centro Municipal de Vacinação – UFMA

– Drive-thru – UFMA

– Centro Municipal de Vacinação IFMA – Maracanã

– Centro Municipal de Vacinação UNDB (Ginásio)

Deixe uma resposta