Pesquisa Ibope em São Luís: Mesmo na Pandemia, 85% dos eleitores afirmam que vão votar

 — Foto: Ascom/TRE-RJMesmo com a pandemia do novo coronavírus, o índice de eleitores que dizem que irão votar com certeza nas eleições municipais em novembro é de 85% em São Luís, mostra a pesquisa Ibope encomendada pela TV Mirante.

Ainda segundo o Ibope, 2% dos eleitores ludovicenses dizem que não vão votar de jeito nenhum em novembro. Enquanto isso, 12% dos entrevistados dizem que ainda estão em dúvida se comparecerão para votar ou não. Veja, abaixo, como responderam os eleitores ao Ibope sobre comparecer na votação durante a pandemia:

  • Com certeza comparecerá – 85%
  • Ainda está em dúvida se comparecerá para votar – 12%
  • Não comparecerá para votar de jeito nenhum – 2%
  • Não sabe/Não respondeu – 1%

Neste ano, o calendário das eleições foi adiado por causa da pandemia do coronavírus. O primeiro turno acontece em 15 de novembro; e o segundo, em 29 de novembro, de acordo com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

O tribunal anunciou uma série de medidas de segurança para evitar a contaminação durante a votação.

Pela primeira vez, será possível justificar o voto pelo celular, usando o aplicativo e-Título. O eleitor tem até 14 de janeiro, para ausência no 1º turno, e 28 de janeiro, no 2º turno.

Pesquisa de intenção de votos

Na mesma pesquisa, o Ibope também perguntou a intenção de voto dos eleitores entre os candidatos nas eleições municipais 2020 em São Luís. O resultado foi divulgado nessa sexta-feira (23) e mostra Braide com 44%, Duarte com 19% e Neto com 14% das intenções.

Sobre a pesquisa

  • Margem de erro: 3 pontos percentuais para mais ou para menos
  • Quem foi ouvido: 805 eleitores de São Luís
  • Quando a pesquisa foi feita: de 21 a 23 de outubro
  • A pesquisa foi encomendada pela TV Mirante
  • Número de identificação na Justiça Eleitoral: MA-05018/2020

O nível de confiança utilizado é de 95%. Isso quer dizer que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem o atual momento eleitoral, considerando a margem de erro.

G1 Maranhão

Deixe uma resposta